Show simple item record

dc.contributor.authorRubin Oliveira, Marlize
dc.date.accessioned2013-06-04T16:13:45Z
dc.date.available2013-06-04T16:13:45Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.issnhttp://hdl.handle.net/10183/28811
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/730
dc.description.abstractA produção de conhecimento científico na relação entre ciências humanas e ciências da natureza é o tema deste trabalho, inserido no campo de investigação da Educação Superior. Produção de conhecimento científico é tomado como uma produção humana nas suas relações históricas e sociais, e a interdisciplinaridade como uma possibilidade dentro do movimento de crítica à fragmentação e à dualidade no fazer científico. O objetivo geral aqui é analisar e compreender o processo de produção do conhecimento científico construído na relação entre ciências humanas e da natureza. O locus de estudo foram Programas de Pós-Graduação Interdisciplinares reconhecidos e recomendados pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). A pesquisa considerou oito desses Programas. O critério de escolha foi a existência de cursos de doutorado que contemplassem a relação entre ciências humanas e ciências da natureza. Utilizando-se da análise de conteúdo foram analisadas as Propostas dos Programas, as entrevistas semiestruturadas com coordenadores e/ou ex-coordenadores dos Programas, o Documento de Área da Comissão de Área Interdisciplinar (CAInter/CAPES, 2009), 177 Currículos Lattes dos professores/ pesquisadores membros permanentes dos Programas e 11 teses apontadas pelos interlocutores como teses que refletem a perspectiva almejada pelos Programas. Tomando por base principalmente os conceitos de Vieira Pinto, Prigogine, Claude Raynaut, Olga Pombo, e valendo-se das categorias analíticas de concepções de conhecimento, ciência e método e concepções e práticas interdisciplinares, este trabalho reconhece nos Programas de Pós- Graduação Interdisciplinares, dentro do espaço da universidade, um locus privilegiado para produção de conhecimento científico na relação entre sociedade e natureza, um caminho para a superação das tensões entre fragmentação e dualidade e o fazer científico com vistas à interdisciplinaridade. Sugere ainda a necessidade de estudos e práticas que se dediquem à análise e à construção de práticas interdisciplinares que possam vislumbrar, como resultados, metodologias interdisciplinares construídas na dimamicidade do processo científico. Práticas interdisciplinares requerem, portanto, um pensamento genuíno, cuja reflexão contemple o movimento contido no processo, em detrimento da inércia típica da fragmentação e da dualidade. --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- The production of scientific knowledge within the relationship between humanities and natural sciences is the topic of this dissertation, inserted in the field of investigation of Higher Education. Production of scientific knowledge is taken as a human endeavor, within its historical and social relationships, and interdisciplinarity, as a possibility within the movement of critique of fragmentation and dualism of science making. The main goal was to analyze and understand the process of scientific knowledge production constructed within the relationship between human and natural sciences. The locus of the research has been Interdisciplinary Graduate Programs accredited and recommended by CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). The research, focused on eight Programs, had as a criterion of choice doctoral programs that operate in the relationship between human and natural sciences. By using content analysis, the research focused on analyzing the Programs' proposals; semi-structured interviews with Programs' coordinators and/or former coordinators; the Interdisciplinary Area Committee Document; 177 (Lattes Platform) CVs of professors and researchers participating in the programs; and 11 dissertations that reflected their own Programs' perspective, pointed out as such by the interviewees. Grounded mainly on the concepts by Vieira Pinto, Prigogine, Claude Raynaut, and Olga Pombo, and based on the analytical categories of conceptions of knowledge, science and method; and of interdisciplinary conceptions and practices; the results of the dissertation indicate that the Interdisciplinary Graduate Programs, within the scope of the university, are privileged loci for scientific knowledge production within the relationship between society and nature, as a way to overcome the tensions between fragmentation and dualism, and the science making that aims at interdisciplinarity. It suggests the need for further studies and practices dedicated to the analysis and construction of interdisciplinary practices that are able to produce, as their result, interdisciplinary methodologies built upon the dynamicity of the scientific endeavor. Interdisciplinary practices, therefore, demand genuine thinking, whose reflection is able to comprise the movement assumed within the process, at the expense of the inertia typical of fragmentation and duality.en_US
dc.language.isootheren_US
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Sulen_US
dc.subjectEducación superioren_US
dc.subjectCurso postuniversitarioen_US
dc.subjectEnfoque interdisciplinarioen_US
dc.subjectCiencias socialesen_US
dc.subjectCiencias naturalesen_US
dc.subjectConocimientoen_US
dc.titleProdução de conhecimento científico : pós-graduação interdisciplinar (stricto sensu) na relação sociedadeen_US
dc.typeThesisen_US


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record